Confira as atualizações do BigID

Veja as últimas atualizações liberadas para o BigID, seu validador de identidades antifraudes. Nosso principal objetivo com essas atualizações é criar um produto cada vez mais completo para o seu negócio. Confira as novidades!

 

[OCR] Validação de dados de um documento mesmo sem a presença do CPF

Alguns RGs não possuem o CPF do usuário listado – o que, até então, impedia a validação do mesmo junto aos órgãos governamentais. Com as melhorias implementadas isso não é mais um problema: a partir do nome e da data de nascimento extraídos do documento, o BigID consegue atribuir um CPF à pessoa e realizar a validação dos dados públicos presentes na imagem. Um aumento de 88% na probabilidade de validação de RGs que não possuam o campo de CPF.

Confira na documentação >>

 

[OCR] Melhoria no batimento dos dados: Text Finder identifica dados inputados independente do formato

A API de OCR genérica – conhecida como Text Finder – recebe imagens de qualquer tipo: um contrato, um formulário, um comprovante de residência ou qualquer outra imagem que contenha texto. Em geral, porém, alguns campos podem não seguir um padrão na escrita das informações. Uma data, por exemplo, pode aparecer desta forma <07/10/2020> ou  desta <07 de outubro de 2020>, dificultando a busca. Com esta melhoria, o OCR BigID consegue entender e interpretar as diferentes formas de escrita aprimorando a busca e aumentando a assertividade. Alguns exemplos: datas (abreviadas ou extenso), moedas (R$1, 1 real, um real, …) e CPF (com separadores entre os números ou sem separadores).

Confira na documentação >>

 

[OCR] Dados de cartões: melhorias no OCR aumentam a probabilidade de extração do número de parcelas 

Visando melhorar a probabilidade de extração do número de parcelas de uma compra, fizemos ajustes em nossa API de leituras de comprovantes. Essas melhorias trouxeram um incremento de 30% na probabilidade de extração de informações de comprovantes de diferentes formatos.

Confira na documentação >>

 

[OCR] Melhorias na extração de informações de notas ficais das operadoras de telefonia móvel: IMEI GSM (número do chip do telefone)

As notas fiscais das operadoras de telefonia móvel trazem, obrigatoriamente, o número do IMEI GSM (que contém o chip do telefone), vinculado ao CPF do usuário. Muitas lojas emitem a NF e colocam S/N (sem número) antes de digitar o número do GSM. Essa prática dificultava a identificação do IMEI GSM. Com as melhorias implementadas, o sistema identifica facilmente o número, mesmo que antes conste o S/N.

Confira na documentação >>

                                                                                                

[OCR] OCR agora também extrai campo “desconto” da nota fiscal

A API que lê os dados de uma Nota Fiscal agora também consegue enxergar informações sobre eventuais descontos aplicados à mercadoria adquirida – além de outros dados já contemplados pela API como dados gerais do estabelecimento e do comprador.

Confira na documentação >>

 

Revise as configurações da sua conta: quanto maior a aderência às novidades, melhor a performance do seu processo. Acesse a documentação e saiba como. Caso prefira, escreva para atendimento@bigdatacorp.com.br (se já for cliente) ou comercial@bigdatacorp.com.br (se ainda não for cliente) e saiba mais. Atualizações disponíveis através da documentação.

 

BigDataCorp